Pular para o conteúdo

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental

Elaborada como forma de consolidar as ações de aspecto ambiental, Social e de Governança (ASG) que o Banco do Nordeste realiza em suas atividades há mais de duas décadas, a Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA) norteia o desenvolvimento de todas as atividades da instituição e seu relacionamento com as partes interessadas (stakeholders), além de permear toda a sua estrutura organizacional, devendo suas unidades hierárquicas observar e cumprir seus princípios, diretrizes e salvaguardas em sua totalidade.

A PRSA está integrada com as demais políticas vigentes no Banco do Nordeste, como as de crédito, gestão de pessoas, gestão de riscos, integridade e ética, com princípios e diretrizes de grande importância para colaboradores e sociedade.
 

Conheça a PRSA - atualizada  do Banco do Nordeste.


Sobre a criação da PRSA

A primeira versão da PRSA do Banco do Nordeste foi consolidada e aprovada em 29 de junho de 2015 pelo Conselho de Administração do Banco do Nordeste, atendendo à Resolução do Banco Central nº 4.327 de 25/04/2014 e ao Normativo SARB (Sistema de Autorregulação Bancária) nº 14 de 28/08/2014 da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). De acordo com esses normativos, até o final de julho de 2015, todas as instituições financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil estavam obrigadas a elaborar e publicar sua Política de Responsabilidade Socioambiental (PRSA), de modo a nortear suas ações de natureza socioambiental nos negócios e na relação com as partes interessadas (stakeholders).

Nessa perspectiva, o Banco do Nordeste realizou diversas ações, como:

  1. Definição das diretorias de Planejamento e de Controle e Risco como responsáveis por fazer cumprir a PRSA e pelas ações relacionadas ao Gerenciamento do Risco Socioambiental;
  2. Formação de um grupo de trabalho (GT) composto por diversas unidades para a elaboração da PRSA
  3. Elaboração de um plano com 58 ações voltadas para viabilizar a implementação dos Princípios e Diretrizes da PRSA.

Serviram de inspiração para a elaboração da PRSA do Banco do Nordeste as políticas socioambientais de outros bancos públicos e privados, como Basa, BNDES, Caixa Econômica Federal, Bradesco e Santander. Além disso, foi conduzida, entre 30/04 e 17/05/2015, uma Pesquisa de Opinião com os clientes, fornecedores, público interno, poder público (federal, estadual e municipal), comunidades, entre outras partes interessadas, visando à seleção de temas importantes a serem abordados na construção da PRSA.

A partir do segundo semestre de 2020, a PRSA passou por uma ampla revisão e atualização, processo esse concluído no primeiro semestre de 2021.

Juntamente com a atualização da PRSA, foi aprovado um Plano de Ação Trienal para a implementação das mudanças previstas, composto de 26 ações a serem realizadas por diversas Unidades do Banco de 2021 a 2023.

A atualização da PRSA foi conduzida em um processo participativo, envolvendo uma pesquisa junto às partes interessadas, conduzida de maneira semelhante à realizada quando da elaboração da primeira versão da PRSA.
 

PRSA do Banco do Nordeste

A Política de Responsabilidade Socioambiental do Banco do Nordeste (PRSA) norteia o desenvolvimento das atividades e relacionamento da empresa com as partes interessadas (stakeholders), além de estar integrada às demais políticas da Instituição. Por isso, é um importante marco em termos de Sustentabilidade Empresarial. Vale a pena conhecer e emitir sua opinião.

Este campo é obrigatório.

Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x