Produtores, intermediários e consumidores: o enfoque da cadeia de preços

Ladislau Dowbor

Resumo


As cadeias produtivas tornam-se cada vez mais complexas, com diversas etapas da produção pertencendo frequentemente a diferentes grupos econômicos, e situados em diferentes regiões ou países. Entre a base produtiva e o consumidor final, acumulam-se diferentes níveis de intermediação comercial, financeira e jurídica, obscurecendo como as diversas etapas da cadeia produtiva se refletem no valor agregado e no preço do produto. A proposta do presente artigo é de se proceder ao reforço das análises da cadeia de preços, de forma a ter uma visão melhor de onde se gera a inflação, onde se situam os gargalos de oligopólios, e como se geram os movimentos pró-cíclicos que ampliam as crises. Para isto nos apoiamos numa análise do conceito de cadeia de preços, das dinâmicas de controle na cadeia produtiva, do poder dos intermediários – com o exemplo dos traders de commodities – e do papel da intermediação financeira, Finalizamos com os impactos sobre a concentração de renda e riqueza, e as implicações para a necessidade de reforçarmos a análise do processo de formação dos preços, complementando as pesquisas tradicionais da inflação.

Palavras-chave


Cadeia de preços; Commodities; Traders; Inflação; Oligopólio; Intermediários.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter