O PROGRAMA SINAPSE DA INOVAÇÃO COMO BASE PARA A CRIAÇÃO DO PROGRAMA CENTELHA: UMA ANÁLISE DA METODOLOGIA E RESULTADOS DE SUA APLICAÇÃO NOS ESTADOS DE SANTA CATARINA E ESPÍRITO SANTO

Raphael Almeida, Robson Grassi

Resumo


O presente artigo tem por objetivo apresentar o Programa Sinapse da Inovação (PSI), sua metodologia e alguns resultados da sua execução nos Estados de Santa Catarina e Espírito Santo. Utilizando desdobramentos contemporâneos das teorias acerca da inovação e do empreendedorismo inovador, o PSI faz uso do modelo lean startup ao propor um programa de pré-incubação, que auxilia na criação de empresas inovadoras e no aprofundamento da base institucional de apoio ao empreendedorismo inovador nos Estados em que tem sido implementado. Podem ser apontados como alguns resultados do programa o surgimento de startups inovadoras e com baixa taxa de mortalidade, inclusive premiadas nacional e internacionalmente, a geração de empregos qualificados, o mapeamento de setores locais economicamente promissores, o retorno de investimentos públicos na forma de tributos e o aprofundamento da cultura do empreendedorismo inovador. Outra evidência importante da relevância nacional do PSI é o fato de ter servido de base para o recente surgimento do Programa Centelha, em andamento em 21 Estados brasileiros, promovido pelo MCTIC e pela FINEP.

Palavras-chave


Inovação; Sinapse da Inovação; Empreendedorismo; Startups

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter