Proposta de concessão para aeroportos regionais explorando potenciais econômicos locais

Ricardo Fernandes Consulin, Anísio Brasileiro de Freitas Dourado, Joaquim José Guilherme de Aragão

Resumo


Atualmente, os aeroportos estão passando por um período de transição para se tornarem, modelos de negócios, em busca de menores custos e maiores receitas, sendo muito poucos aqueles que são lucrativos. O objetivo é mostrar uma metodologia para a criação de um programa de consolidação comercial de um aeroporto que seja deficitário, em uma região com grande potencial econômico, por meio de uma concessão que, além de garantir a sustentabilidade fiscal, implemente crescimento econômico local e crie mais empregos. A metodologia compara o cenário atual com um alternativo, em que são implementados programas territoriais baseados nas principais cadeias de valor de uma região e nas experiências bem-sucedidas de outras infraestruturas de transporte semelhantes, para então, após calcular os novos fluxos de tráfego, receitas aeroportuárias e multiplicadores fiscais, fazer-se a análise custo-benefício dos fluxos fiscais e financeiros e verificar se foi alcançada a sustentabilidade. Esse método foi aplicado para o Aeroporto de Petrolina que faz parte da sexta rodada de concessões, deficitário de 2013 a 2018, mostrando que é possível negociar concessões de forma mais lucrativa para a sociedade e, paralelamente, contribuir para um maior desenvolvimento econômico de uma região, criando mais empregos.


Palavras-chave


Aeroporto Regional. Concessão. Cadeias de valor.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter