Uma Análise do Insumo-Produto do Setor Lácteo Mineiro

Chrystian Soares Mendes, Matheus Wemerson Gomes Pereira, Erly Cardoso Teixeira

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar a relevância do setor lácteo na economia mineira por meio do modelo insumo-produto, que permite mensurar os seus principais encadeamentos com os demais setores produtivos por via dos índices de Rasmussen-Hirschman, campos de influência e índices puros de ligação. Além disso, busca verificar os efeitos de variações na demanda final sobre os produtos analisados pelo ângulo dos multiplicadores dos tipos 1 e 2. Desta forma, os resultados corroboram a relevância que o setor de leite tem na economia mineira, que foi considerado um setor-chave, pois apresentou um forte índice de ligação para trás. Além disso, o setor lácteo gerou um impacto positivo indireto tanto no emprego como na renda da economia mineira. Assim, evidencia-se que o setor de leite necessita cada vez menos de mão de obra direta; porém há uma grande demanda indireta de trabalhadores gerados pelo setor. Em suma, observa-se que, cada vez mais, a produção de leite brasileira vem se modernizando, o que lhe permitiu ocupar a sexta posição de maior produtora mundial e o Estado de Minas Gerais como maior produtor do país.


Palavras-chave


Leite. Minas Gerais. Insumo-produto. Encadeamentos. Multiplicadores.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter