Estudo do mercado de manga na União Européia

José Lincoln Pinheiro Araújo, José Luis Lopez Garcia

Resumo


Faz a caracterização do mercado de manga na União Europeia, o maior mercado importador da manga brasileira. Utiliza o método da entrevista de profundidade, que contemplou importadores, atacadistas, supervisores do setor de produtos hortifrutícolas de supermercados e gerentes de lojas de frutas da Espanha, além de agentes comerciais de outros países comunitários. Os resultados revelaram que a tendência atual do mercado de manga na União Europeia é de ampliação do consumo. Com relação à conduta de mercado das principais variedades de mangas ali comercializadas, constatou-se que a Tommy Atkins vive em termos de seu ciclo de vida comercial duas fases: de maturidade e de declínio. A Kent vive a fase de maturidade com tendência ascendente. As variedades Haden e Keitt estão na fase de maturidade estável, enquanto as variedades Palmer, Maya e Shelly se encontram na fase de crescimento. Com referência à segmentação de mercado de manga fresca, o estudo aponta quatro segmentos bem definidos: o composto pelos consumidores que priorizam a relação qualidade/preços competitivos, o segmento dos consumidores de produtos-prêmios, o segmento dos consumidores de produtos orgânicos e o segmento dos consumidores de produtos minimamente processados ou de quarta gama.


Palavras-chave


Comercialização. Manga. Marketing. Exportações. União Europeia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter