Uma avaliação qualitativo-exploratória dos impactos de uma refinaria de petróleo usando o método multicritério social: o caso da Abreu e Lima/PE

Andrea Sales Soares de Azevedo Melo, Mariana Hipólito Ramos, Francisco de Sousa Ramos

Resumo


Analisa os impactos socioeconômicos e ambientais da construção de uma refinaria de petróleo em Suape−PE, em contraposição às expectativas sociais da região, através de adaptação do modelo multicriterial social proposto por Munda (2004). Na identificação dos impactos e medidas mitigadoras, compensatórias ou maximizadoras, foram realizadas pesquisas bibliográfica e documental, esta baseada em memoriais descritivos de refinarias e nas Agendas 21 dos municípios da área de influência da refinaria. Primeiro, os impactos foram discutidos em grupos. Em seguida foram elaborados quatro cenários, a partir do que os cenários foram ranqueados para cada grupo de impactos e uma análise qualitativa foi realizada. Como principal conclusão, revela-se que a atuação do governo no sentido de promover a internalização das externalidades negativas e de executar medidas potencializadoras dos impactos positivos é determinante dos resultados finais do empreendimento na região, sem o que a instalação da refinaria pode ser questionada sob o ponto de vista de seus benefícios reais.

Palavras-chave


Refinaria de Petróleo. Estudos de Impactos Ambientais. Análise Qualitativa. Método Multicritério Social.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter