Agronegócio e reorganização das relações de trabalho agrícola no Baixo Jaguaribe (CE)

Denise Elias, Alexsandra Muniz, Juscelino Bezerra

Resumo


O presente artigo tem por objetivo apresentar algumas das redefinições do trabalho agrícola resultantes do processo de reestruturação produtiva da agricultura no Baixo Jaguaribe, Estado do Ceará, na qual se tem expandido o agronegócio de frutas tropicais. A metodologia está organizada em torno de quatro eixos: sistematização dos dados secundários sobre a área e as temáticas de interesse; realização de trabalhos de campo na área de estudo; realização de visitas técnicas e colóquios em outras áreas do Nordeste nas quais existam processos semelhantes ao do escopo do objeto considerado; e organização de séries históricas dos dados do Ministério do Trabalho da base Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Conclui que tem ocorrido uma importante difusão das relações de trabalho tipicamente capitalistas em áreas que, até recentemente, eram dominadas pela agricultura de subsistência, o extrativismo vegetal e a pecuária extensiva. Destaca a formação de um mercado de trabalho agrícola formal, com a conseqüente proletarização do trabalhador agrícola e um acirramento da divisão social do trabalho.

Palavras-chave


Agronegócio; Baixo Jaguaribe; Trabalho Agrícola; Frutas Tropicais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter