Tecnologia social quintal produtivo: uma estratégia para o desenvolvimento rural sustentável

Karla Karolline de Jesus Abrantes, Luiz Antônio Maciel de Paula, Gema Galgani Leite Esmeraldo, Jair Andrade Araujo, Francisco Clesson Dias Monte

Resumo


O artigo objetiva analisar a dinâmica sociotécnica de quintais produtivos, a partir de experiências de agricultores/as familiares beneficiados/as pelo Projeto “Quintais para a Vida”. Por meio da investigação qualitativa, procedida por um estudo de caso, buscou-se identificar as mudanças ambientais, socioculturais e socioeconômicas repercutidas na vida de nove famílias contempladas, localizadas em cinco comunidades de dois municípios do Território da Cidadania do Ceará. Após análise de cada dimensão, identificou-se na dimensão ambiental, o perfil ecológico do quintal produtivo, a partir da adoção de práticas agroecológicas que repercutem na conservação dos recursos naturais e das biodiversidades; da valorização do saber-fazer dos/as agricultores/as exercitado na observação e na experimentação; e do fortalecimento de um fluxo de fertilidade que garante a redução dos custos, diante da pouca utilização de insumos externos e aumento do uso de insumos internos. Na dimensão sociocultural, a tecnologia social quintal produtivo apresentou-se como alternativa de apoio à segurança alimentar e nutricional, a partir da diversificação dos sistemas produtivos; do enriquecimento saudável da dieta alimentar e da contribuição para a reprodução social da agricultura familiar. Na dimensão socioeconômica, a influência positiva do projeto na produção excedente nos quintais pesquisados, na comercialização e composição dos rendimentos dos/as agricultores/as.

Palavras-chave


Agricultura Familiar; Agroecologia; Economia Solidária.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter