Especificidades regionais e seus impactos na competitividade da atividade cafeeira sobre a localização da produção e na redistribuição espacial de renda

Mônica de Moura Pires, Antonio Carvalho Campos, Marcelo José Braga, Jose Luis dos Santos Rufino

Resumo


O objetivo deste trabalho é avaliar os impactos das diferenças na competitividade regional da atividade cafeeira sobre a localização espacial da produção e na conseqüente redistribuição regional de renda. Para tanto, aplica um modelo multissetorial de equilíbrio geral computável, com 26 atividades e três grupos de consumidores, calibrado ao ano-base de 1995. Os resultados obtidos, no Cenário 1, indicam que a expansão da demanda, nos níveis estabelecidos, revela efeito positivo sobre as atividades produtivas nas regiões que apresentam maior potencial de crescimento para os cafés especiais. No Cenário 2, nota-se que os resultados mais expressivos ocorrem nas atividades relacionadas com a agroindústria e com a exportação de café. A expansão conjunta da demanda e oferta (Cenário 3) evidencia um comportamento complementar em relação aos resultados obtidos nos Cenários 1 e 2, isoladamente. De modo geral, os resultados corroboram a expectativa de que modificações na qualidade do produto proporcionem efeitos positivos sobre a atividade cafeeira, e a exploração de nichos de mercados torna-se uma alternativa na competição. Dessa forma, o ganho de eficiência constitui importante fator impulsionador da atividade, conjuntamente com estratégias de marketing

Palavras-chave


Atividade cafeeira-Competitividade; Café- Mercado internacional; Café-Produção; Atividade cafeeira-Redistribuição da renda.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter