AGRICULTURA FAMILIAR: DETERMINANTES DE RENDA DE UNIDADES FAMILIARES EM MUNICÍPIOS DA COSTA OESTE PARANAENSE

Valdir Serafim Jr, Adriana Maria de Grandi, Fabiola Graciele Besen, Tércio Vieira de Araújo

Resumo


O estudo tem como objetivo identificar as variáveis que se relacionam com a renda no segmento de agricultura familiar no contexto regional na Costa Oeste do Paraná, e por meio de abordagens quantitativas identificar quais as variáveis impactantes na determinação da renda na região em estudo. As informações necessárias foram identificadas na base de dados de diagnósticos levantados pela ADEOP – Agência de Desenvolvimento do Extremo Oeste do Paraná, entre os anos de 2010 e 2012. A pesquisa caracterizou-se como descritiva quanto a tipologia e  quanto à abordagem, quantitativa nas fases de tabulações e análises. Conclui-se que na região estudada existe uma simetria entre o fator tamanho de área e faixa de renda. O processo de mercantilização da agricultura é evidente, apresentando características de agricultura familiar empresarial, não sendo encontrado processo de diversidade de atividades, mas sim diversificação de atividades produtivas. O número de atividades por unidades familiares não se apresentou como variável determinante para a geração de renda das unidades, porém a inclinação produtiva para certas atividades é determinante, representada pela produção de commodities através das culturas de milho safrinha e soja.

Palavras-chave


Inclinação produtiva. Diversificação de atividades. Processo de mercantilização.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter