Segmentação e discriminação no mercado de trabalho de Salvador

Wilson F. Menezes, Leormínio M. Bispo Filho

Resumo


Este trabalho analisa os diferenciais de rendimentos dos indivíduos ocupados não registrados na
previdência social, usando dados da cidade de Salvador. Utilizou-se a base da Pesquisa de Emprego e Desemprego da Região Metropolitana de Salvador para os anos de 2000 e 2001. Foi utilizado o procedimento de Heckman (1979) para corrigir possíveis vieses de seleção da amostra, bem como foi aplicada a decomposição de Oaxaca (1973) para se separar os elementos produtivos dos não produtivos constitutivos dos rendimentos desses trabalhadores. Os resultados permitiram distinguir os diferenciais de rendimentos provocados pela segmentação e por procedimentos discriminatórios no mercado de trabalho. Os trabalhadores sem registro na
previdência social recebem, em média, menos que os registrados, enquanto as mulheres e os negros sofrem discriminação no segmento sem registro do mercado de trabalho.


Palavras-chave


Segmentação; Discriminação; Ocupação; Ocupação não registrada; Diferenciais de rendimento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter