A RELAÇÃO ENTRE CIDADES PEQUENAS E MÉDIAS DO NORTE E NORDESTE BRASILEIRO: UMA ANÁLISE DOS EFEITOS SPILLOVERS DA RENDA DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

Jucileide Ferreira Herminio, Lucilena Ferraz Castanheira Corrêa, Wellington Ribeiro Justo, Carlos Alberto Gomes Amorim Filho

Resumo


As políticas de transferência de renda existentes no Brasil são instrumentos importantes contra os problemas de desigualdade social no país, dentre elas, o Programa Bolsa Família, desponta como o programa social de maior abrangência no território nacional. Diante desse contexto, o objetivo do presente trabalho é analisar o efeito spillover decorrente da renda do Programa Bolsa Família na relação entre as cidades pequenas e médias das regiões Norte e Nordeste do país. A metodologia empregada tem como cerne regressões de painéis espaciais, onde busca identificara presença do transbordamento da renda dessa política de cunho social e os possíveis canais de transmissão desse efeito nos espaços objetos desse estudo. Os resultados encontrados mostraram que há indicações significativas de efeitos spillovers espaciais a partir da taxa de crescimento da renda do Programa entre as categorias de cidades mencionadas e que a magnitude do efeito de transbordamento se dá em maior grau entre as cidades pertencentes à região Nordeste e de porte pequeno, dado que, para elas, o benefício da política é ainda mais importante na dinâmica das atividades econômicas. Além disso, foram encontrados clusters municipais nas duas macrorregiões ao longo dos anos analisados.

Palavras-chave


Programa Bolsa Família; Cidades pequenas e médias; Spillover espacial

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter