Banco do Nordeste lança plano de ação para apoiar produção de cacau capixaba

Banco do Nordeste lança plano de ação para apoiar produção de cacau capixaba
Desenvolvimento Territorial Linhares (ES), 23/03/2022

O Banco do Nordeste lançou, nesta quarta-feira, 23, em Linhares o Plano de Ação Territorial (PAT), para apoiar o fortalecimento da cadeia produtiva do cacau no Espírito Santo. A iniciativa integra o Programa de Desenvolvimento Territorial (Prodeter) Cacauicultura, implantado no Território Juparanã, integrado pelos municípios de Linhares e Rio Bananal.

A cerimônia de lançamento foi realizada no auditório do Escritório Local de Operações (ELO) do AgroNordeste, na sede da Comissão Executiva do Plano de Lavoura Cacaueira (Ceplac), e prestigiada por cerca de 40 pessoas, entre produtores rurais, autoridades locais e representantes de entidades parceiras do Prodeter.

Durante a solenidade, foi assinado contrato de crédito para aquisição de sistema de micro e minigeração de energia fotovoltaica, com a linha de financiamento FNE Sol Produtor Rural, com o agricultor Demecia Vieira Parreira. Houve sorteio de mudas de cacau clonado entre os participantes, ofertadas pela Ceplac.

O BNB foi representado na cerimônia pelo gerente executivo de Desenvolvimento Territorial, Marcus Louriçal, pela agente de desenvolvimento Izabel Lopes, pelo gestor da agência Linhares, Constantino Martins, e pelo gerente de negócios Leonardo Fabris. Também conversaram com o público presente o vice-prefeito de Rio Bananal, Eristeu Gilbert, o secretário de Agricultura e presidente do Fórum de Secretários Municipais de Agricultura do Espírito Santo, Franco Fiorot, entre outros representantes de entidades, e do produtor rural Mauro Rossoni, em nome dos cacauicultores.

Instituições parceiras

O evento ainda contou com as presenças de representantes da Ceplac, do ELO AgroNordeste, da Associação dos Cacauicultores do Espírito Santo (Acau), do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), dos Sindicatos Rurais de Linhares e de Rio Bananal, dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Linhares e Sooretama, das Secretarias Municipais de Agricultura de Linhares e Rio Bananal das e Associação dos Produtores Rurais de Perobas e Bananal do Sul (Aprueba).