Com setor reaquecido, Banco do Nordeste amplia contratações para o turismo em Alagoas

Com setor reaquecido, Banco do Nordeste amplia contratações para o turismo em Alagoas
Desenvolvimento Territorial Maceió (AL), 14/04/2022

O crédito destinado a empresas do ramo de turismo, no Estado, já soma R$ 63 milhões em 2022, mais do que o contratado em todo ano passado.

As contratações do Banco do Nordeste com o setor de turismo alagoano já somam R$ 63 milhões em 2022, 15,6% a mais do valor financiado em todo ano passado. Desde o início da pandemia do covid-19, o segmento foi um dos que mais demandou pelo crédito do BNB no estado, em especial, dos recursos emergenciais, totalizando, no período de 2020 e 2021, R$ 123 milhões em cerca de 1.000 operações destinadas às empresas dessa cadeia produtiva.

“Com o avanço da vacinação e a adoção de protocolos sanitários, Alagoas foi reaquecendo o setor e, este ano, já desponta como um dos principais destinos turísticos do país, o que se reflete no crescimento dos negócios com o Banco, tanto para investimento em novos equipamentos hoteleiros, como na ampliação, modernização e melhoria dos serviços dos empreendimentos ligados ao turismo na capital e interior”, avalia o superintendente estadual do BNB em Alagoas, Sidinei Reis. Além dos contratos já realizados, dados da instituição revelam cerca de R$ 120 milhões em financiamentos prospectados ou em negociação com empresas do turismo alagoano até o final do ano.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Alagoas (ABIH - AL), para o feriado da Semana Santa, por exemplo, a ocupação hoteleira no estado já é de 82%, um crescimento de 38% em relação ao mesmo período do ano passado. A retomada do segmento conta com a chancela do selo Safe Travels da WTTC (World Travel & Tourism Council), uma entidade de turismo internacional que reconhece destinos turísticos considerados seguros, tendo como referência protocolos sanitários de padrão mundial. Além desse título, o estado também contabiliza o primeiro lugar do Nordeste em emissão do selo Turismo Responsável, do Ministério do Turismo.

Este ano, os valores contratados com o segmento estão sendo investidos na capital e nos municípios de Arapiraca, Delmiro Gouveia, Japaratinga, Maragogi, Marechal Deodoro e Porto de Pedras.