Pular para o conteúdo

Sala de Imprensa

 
 
Voltar

Ativos do Banco do Nordeste com micro e pequenas empresas crescem 14% no ano

Interessados em comercializar com MPES em 2016  devem se cadastrar no Portal do Fornecedor

Fortaleza, 23 de dezembro de 2015 – A carteira de operações ativas de micro e pequenas empresas (MPEs) do Banco do Nordeste chegou a R$ 7,2 bilhões no início de dezembro. O montante representa um crescimento de 14,3% em relação ao mesmo período do ano anterior e é 89,5% maior se comparado com dados de 2010.

Até 30 de novembro de 2015, o Banco do Nordeste investiu R$ 2,4 bilhões em micro e pequenas empresas, crédito proveniente do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e de recursos internos da instituição.

O setor de comércio foi o principal beneficiado no ano e foi atendido com R$ 1,3 bilhão em contratações, equivalente a 53,2% do total de recursos aplicados. No Semiárido, área prioritária na Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), foram contratadas 10.881 operações com o FNE, 51% do total de operações efetivadas pelo MPEs.

O diretor de Negócios do Banco do Nordeste, Wanger Antônio de Alencar, ressalta o crescimento anual constante das aplicações relativas a operações de investimento com recursos do Fundo Constitucional para o segmento. “Os números mostram que o Banco tem atuado de forma focada as micro e pequenas empresas, o que é um dos objetivos estratégicos de nosso planejamento. Este resultado é fruto também de priorização das parcerias realizadas com instituições que atuam no apoio ao  segmento e fortalecem o processo de concessão de créditos de longo e curto prazos”, analisa.

O superintendente de Negócios de Varejos e Agronegócios da instituição, Luiz Sérgio Farias Machado, acrescenta que atualmente a carteira de MPEs possui mais de 105 mil clientes, presentes em 93,7% dos municípios da área de atuação, que compreende os nove estados do Nordeste e o norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Micro e pequenas empresas

As micro e pequenas empresas têm receita operacional bruta anual igual ou inferior a R$ 3,6 milhões. O Banco do Nordeste oferece taxas reduzidas para o segmento, produtos especializados, prazos de até 12 anos para pagamento, financiamento de até 100% da proposta de crédito, apoio a projetos inovadores, empréstimos para capital de giro e para formação de estoque com prazo de até 36 meses, capital de giro para viabilizar pagamento do décimo terceiro salário aos empregados, cartões de crédito para giro e outros produtos especializados.

Porta do Fornecedor

Empresas de qualquer porte interessadas em comercializar com MPEs por meio do Cartão FNE, produto a ser lançado em 2016 pelo Banco do Nordeste, devem se cadastrar no Portal do Fornecedor, disponível no endereço www.bancodonordeste.gov.br/cartaofne/fornecedor. Podem se inscrever fabricantes ou fornecedores de bens e/ou insumos utilizados no processo produtivo de indústrias e empresas turísticas e/ou de prestação de serviços; além de fabricantes ou fornecedoras de bens e mercadorias para estoques de empresas comerciantes. Os fornecedores do Cartão FNE  devem ser afiliados às adquirentes Cielo, Rede ou Getnet.


Vídeos em Destaque Vídeos em Destaque



Desculpe nossa interferência, mas seu navegador não suporta a tecnologia utilizada neste portal.

Procure atualizar o seu navegador para a última versão disponível ou utilize uma das sugestões gratuitas e modernas listadas abaixo:

Chrome 18 ou +Firefox 19 ou +IE9 ou +
x