O Intercâmbio Comercial Nordeste-China: Desempenho e Perspectivas

Paulo Ricardo Feistel, Álvaro Barrantes Hidalgo

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar a mudança na estrutura do comércio Nordeste-China, as vantagens comparativas no comércio entre as duas economias e o aproveitamento das oportunidades que o comércio oferece para a região. Utilizando indicadores de competitividade, os resultados mostram que o comércio Nordeste-China parece ser essencialmente interindustrial e os grupos de produtos da região que detêm mais potencial exportador e se apresentam como estratégicos em uma política de inserção nesse mercado são: Papel e Celulose, Alimentos e Bebidas e Produtos Químicos. Porém uma estratégia de inserção da região Nordeste no mercado chinês passa também por um aumento de exportações de bens manufaturados e que possam diversificar a pauta de exportações da região, atualmente muito concentrada em produtos primários, tais como Papel e Celulose, e Alimentos e Bebidas.


Palavras-chave


Comércio Internacional. Nordeste-China. Vantagens Comparativas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter