Eficiência dos gastos públicos com segurança nos municípios mineiros

Gabriel Teixeira Ervilha, Liana Bohn, Cassiano Ricardo Dalberto, Adriano Provezano Gomes

Resumo


A necessidade de índices que avaliem a eficiência dos gastos públicos com a provisão de bens e serviços à população assume particular importância para o objetivo de melhor gerir os recursos escassos no âmbito das ações governamentais. Nesse sentido, o presente trabalho tem como objetivo obter índices de eficiência dos gastos com segurança pública nos municípios do estado de Minas Gerais, através da utilização da metodologia não paramétrica da Análise Envoltória de Dados (DEA), com os resultados sendo refinados pelo método de Região de Segurança do modelo DEA e pela detecção de outliers. Os resultados revelam que a maior parte dos municípios apresenta baixo índice de eficiência, mesmo quando alocados em estratos populacionais. Espacialmente, verifica-se uma concentração dos municípios eficientes no norte e no sul do Estado, o que pode sugerir a presença de clusters de eficiência, ao passo que os municípios mais ineficientes tendem a estar distribuídos no centro do Estado, nas regiões oeste e leste e espraiando-se para os pontos colaterais adjacentes.


Palavras-chave


Análise Envoltória de Dados; Economia do Crime; Segurança Pública.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter