A evolução da produção de etanol no Brasil, no período de 1975 a 2009

Michele Gomes da Cruz, Eziquiel Guerreiro, Augusta Pelinski Raiher

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar a evolução da produção brasileira de etanol, no período de 1975 a 2009. Mais precisamente, realiza uma análise da evolução da área colhida, produção e rendimento da cana-de-açúcar, da produção e dos preços do etanol, da gasolina e do açúcar e o grau de associação existente entre essas variáveis. Verifica o impacto do preço do etanol, do rendimento da cana e do custo da produção do etanol na produção brasileira de etanol no período Pós-Plano Real, compreendido entre 1995 a 2009. Os resultados quanto à evolução da cana-de-açúcar demonstram que a variável produção foi a que obteve o maior crescimento ao longo de todo o período estudado, seguida da área colhida e do rendimento médio. Na análise do etanol, verifica que a sua quantidade produzida foi a que obteve o maior crescimento. O exame quanto aos fatores determinantes da produção de etanol revela que o rendimento da cana-de-açúcar influenciou-os positivamente, enquanto o custo de produção de etanol exerceu um efeito negativo sobre sua produção.


Palavras-chave


Etanol. Proálcool.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter