Estrutura econômica do estado de Sergipe em 2006: uma contribuição através da matriz de insumo-produto

Luiz Carlos de Santana Ribeiro, Anderson Pereira Viana Leite

Resumo


Objetiva de construir a matriz insumo-produto do Estado de Sergipe, de forma que possam ser oferecidas informações e indicações analíticas que sirvam de subsídios para as políticas de planejamento do estado. Para tanto, utiliza o ferramental da análise de insumo-produto através da variante metodológica do RAS modificado agregado para construção de matrizes regionais, com intuito de identificar o perfil tecnológico da economia do estado, através de indicadores estruturais de autossuficiência, de encadeamento e multiplicadores de impacto. Os resultados mostram que a economia sergipana apresenta sérios problemas na estrutura de oferta de insumos em setores crucias para o desenvolvimento do estado e, além de concentrada setorialmente e baixa inserção internacional, possui poucos setores-chave que sejam indutores do crescimento local. Além disso, a desconexão entre os setores que mais geram produto, emprego e renda dificulta a adoção de políticas.


Palavras-chave


Matriz de Insumo-Produto. Estrutura Produtiva. Sergipe. Desenvolvimento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter