A previdência rural e sua importância para as famílias pobres no Nordeste: resultados de um estudo de caso no Rio Grande do Norte

Rusiano Paulino de Oliveira, Joacir Rufino de Aquino

Resumo


O objetivo desse artigo é analisar a importância das aposentadorias rurais no município de São Rafael/RN e verificar o seu papel para a reprodução econômica das famílias de beneficiários na localidade. Outro objetivo da pesquisa é estudar o impacto causado pelos empréstimos consignados nos rendimentos dos aposentados rurais do município. O trabalho partiu, inicialmente, do levantamento da bibliografia e de dados estatísticos relacionados ao tema. Em seguida, foi realizada uma pesquisa de campo onde foram coletadas informações junto a 90 aposentados rurais da área estudada, entre os meses de maio e junho de 2012. De forma geral, o trabalho conclui que o pagamento regular dos benefícios da Previdência Rural se converteu em um importante fator de sustentação para as famílias pobres do município de São Rafael/RN. Ao receberem o rendimento fixo de um salário mínimo mensal, os domicílios “de” e “com” aposentados rurais se tornaram mais resistentes aos impactos das frequentes secas que vitimam periodicamente às atividades agropecuárias do semiárido potiguar. Esse resultado, contudo, tem sido contrabalançado pela expansão dos empréstimos consignados, cujos serviços comprometem uma parcela da renda do público entrevistado, contribuindo, assim, para a redução do efeito multiplicador gerado pelas transferências previdenciárias na economia local.


Palavras-chave


Aposentadorias Rurais; Nordeste; Pobreza Rural; Empréstimos Consignados.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter