A evolução da pluriatividade nos Estados de São Paulo e Pernambuco no período de 2001 a 2007

Cristiane Feltre, Carlos Jose Caetano Bacha

Resumo


Este artigo analisa a evolução da pluriatividade nos Estados de São Paulo e Pernambuco entre os anos de 2001 e 2007. Utiliza o método da análise estatística da dimensão e evolução de variáveis chave calculadas a partir dos microdados das Pesquisas Nacionais por Amostra de Domicílios (PNADs). Constata que o número relativo de famílias pluriativas é maior em Pernambuco do que em São Paulo. Além disso, observa também que a união entre atividades agropecuárias e não-agropecuárias na família incrementa a renda familiar, especialmente em Pernambuco. Destaca a relevância de se realizarem estudos sobre as especificidades regionais para a elaboração de políticas de desenvolvimento rural.

Palavras-chave


Pluriatividade. Fatores promotores. Desigualdades rurais regionais. Pernambuco. São Paulo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter