OS EFEITOS DO PROGRAMA UMA TERRA E DUAS ÁGUAS (P1+2) SOBRE A QUALIDADE DE VIDA DO PEQUENO PRODUTOR RURAL DO SEMIÁRIDO NORDESTINO: O CASO DO MUNICÍPIO DE JARDIM (CE)

Matheus Oliveira de Alencar, Wellington Ribeiro Justo, Denis Fernandes Alves

Resumo


O acesso limitado à água tem como consequência direta o comprometimento da produção de alimentos, e isso reflete negativamente na qualidade de vida e nas condições sociais e de sobrevivência das famílias rurais. Dentro desse contexto, essa pesquisa objetiva mensurar os efeitos gerados pelas tecnologias de captação da água da chuva, implantadas através do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), sobre a qualidade de vida do pequeno produtor rural do município de Jardim (CE). Para alcançar os objetivos, utilizaram-se dados primários, obtidos através da aplicação de questionários com beneficiários e não beneficiários do P1+2 no município. O método utilizado foi o Propensity Score Matching (PSM), que faz essa análise por meio do pareamento entre produtores dos dois grupos. A partir da comparação realizada, verificou-se significativa diferença, favorável ao grupo dos beneficiários, tanto no Índice de Qualidade de Vida quanto na renda familiar total. Os resultados sugerem que o programa está conseguido alcançar seus objetivos melhorando a qualidade de vida dos beneficiários. Há indicativo também da viabilidade do programa haja vista que o acréscimo gerado sobre a renda familiar, com a utilização da cisterna na agricultura, cobre os custos de construção da mesma no primeiro ano de uso.


Palavras-chave


Bem-estar. Agricultores. Propensity Score Matching.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter