A encruzilhada da economia do Nordeste: tendências recentes e perspectivas

Paulo Fernando de Moura Bezerra Cavalcanti Filho

Resumo


Este artigo busca demonstrar que a evolução recente da economia nordestina colocou a Região em uma ‘encruzilhada’, na qual a continuidade do subdesenvolvimento regional ou sua superação mostram-se como trajetórias alternativas de futuro. Para tal, utiliza-se uma abordagem sistêmica, em que dimensões culturais, políticas e econômicas são articuladas e promovem processos contraditórios, em que tanto ocorre a retroalimentação da heterogeneidade estrutural, quanto surgem oportunidades de rompimento e superação. Estas dimensões do sistema macroeconômico e macrorregional que moldam a dinâmica dos arranjos produtivos nordestinos são investigadas através de uma análise de aspectos institucionais presentes no território nordestino, contendo ainda uma caracterização regional a partir de mapeamento de APLs realizado. Conclui-se com uma análise da permanência histórica da dualidade e heterogeneidade estrutural regional e finalizando com as considerações sobre as permanências e perspectivas regionais frente aos processos evolutivos recentes.

Palavras-chave


Desenvolvimento; Economia do Nordeste; Arranjos Produtivos Locais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter