Análise de eficiência estimando fronteiras paramétricas Cobb-Douglas e Translog: o caso das empresas agrícolas do Pólo Petrolina-Juazeiro

Emanoel de Souza Barros, Ecio de Farias Costa, Yony Sampaio

Resumo


A irrigação iniciada no final da década de 1960 foi a principal responsável pelo marcante desenvolvimento ocorrido no pólo Petrolina-Juazeiro. Com a irrigação chegaram empresas agrícolas para a região antes voltadas para a pecuária extensiva. Supõe-se, então, que, a moderna tecnologia usada na irrigação, combinada com a utilização de insumos, permite um nível de produção próximo ou sobre a fronteira de produção. Estudos preliminares constataram haver marcada heterogeneidade entre as empresas, em que pese o uso de pacotes tecnológicos semelhantes e a fruticultura, hoje, ser a atividade predominante. Portanto, este trabalho visa analisar a eficiência técnica das empresas agrícolas do pólo, utilizando os modelos de funções Cobb-Douglas e Translog para obter fronteiras eficientes. A análise dos resultados mostra que ambos os modelos apresentam escores de eficiência parecidos. A análise comparativa entre os principais perímetros revela que a maior parte das firmas eficientes estão localizadas nos perímetros de Nilo Coelho, Maniçoba ou são externas ao perímetros. Recomenda-se a continuidade dos estudos para identifica ção dos fatores responsáveis pela ineficiência estimada.

Palavras-chave


Cobb-Douglas; eficiência; irrigação; Translog; Empresas Agrícolas – Pólo Petrolina/Juazeiro; Fronteiras paramétricas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter