Modelo de avaliação de desempenho de companhias de saneamento básico na concepção da criação de valor

Francisco Mendes de Alencar Filho, Tito Belchior Silva Moreira, Paulo Roberto Amorim Loureiro

Resumo


O presente trabalho objetiva avaliar o desempenho das companhias estaduais de saneamento básico (CESB), por meio de uma metodologia alternativa denominada valor econômico agregado (EVA), compatível com o modelo de fluxo de caixa descontado, aceito universalmente, para avaliar o desempenho financeiro de empresas que atuam em setores da economia formal. Como forma de validar a consistência dos resultados gerados pelo EVA, desenvolveu-se, com o uso do método estatístico de análise multivariada, o Índice de Performance Agregado, que objetiva medir o desempenho de gestão operacional da empresa. O Índice de Performance Agregada permitiu que as companhias fossem classificadas de acordo com o Método Ward, no qual os agrupamentos foram avaliados e classificados pelo uso da análise discriminante. Para a aplicação da referida metodologia, foram coletados, nos demonstrativos financeiros, dados de vinte e seis empresas concernentes aos exercícios de 1998 a 2001, sendo, então, realizado um estudo comparativo entre o Índice de Performance, montado com os dados de gestão operacional, e os dados econômico-financeiros para a confecção do EVA. Conclui-se que o método de avaliação, aqui proposto, apresenta o mesmo comportamento observado nos indicadores de performance.

Palavras-chave


Valor Econômico Agregado; Análise de Agrupamento; Análise Discriminante; Capital Assets Pricing Model (CAPM); Companhias Estaduais de Saneamento Básico (CESB).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter