Ministério da Agricultura reconhece papel do Banco do Nordeste no apoio ao agronegócio e agricultura familiar da Região

Ministério da Agricultura reconhece papel do Banco do Nordeste no apoio ao agronegócio e agricultura familiar da Região
Desenvolvimento Territorial Fortaleza (CE), 24/02/2022

BNB já aplicou R$ 9,75 bilhões no âmbito do Plano AgroNordeste desde 2019. Foram R$ 5,1 bilhões somente em 2021

O Banco do Nordeste investiu, em 2021, mais R$ 5,1 bilhões nos 16 territórios do AgroNordeste, o programa de fortalecimento das cadeias produtivas eleitas como prioritárias pelo Ministério da Agropecuária, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Desde seu lançamento, em 2019, já foram mais de R$ 9,75 bilhões em mais de 275 mil operações.

Os números foram ressaltados pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e pelo presidente do BNB, José Gomes da Costa, durante a cerimônia de entrega do Prêmio Banco do Nordeste AgroNordeste – 2021, nesta quinta-feira (24), que homenageou projetos exitosos do agronegócio e agricultura familiar na área de atuação do banco.

A ministra Tereza Cristina afirmou ter visto a necessidade de uma política pública especial para o Nordeste, com espaço para um plano de ações integradas e identificou no Banco do Nordeste um parceiro ideal para implementar a iniciativa. Hoje, vê o coroamento dos primeiros resultados. “O Nordeste está andando muito mais rápido do que outras regiões”, avaliou, reconhecendo o surgimento de “várias Petrolinas e Juazeiros” pela região, como polos de excelência da fruticultura, por exemplo.

Assinatura de acordo

Na oportunidade, Tereza Cristina e o presidente José Gomes da Costa assinaram acordo de cooperação cujo objetivo é disciplinar ações integradas para expandir e qualificar o atendimento aos empreendedores rurais e urbanos de todos os segmentos da economia, por meio do acesso ao crédito no âmbito dos programas Agronordeste e Programa de Fomento à Agricultura Irrigada do Nordeste (Profinor).

Segundo o presidente Gomes, o BNB mobilizará os empreendedores dos diversos segmentos da economia para ofertar financiamentos, em conjunto com parceiros institucionais. Por sua vez, o MAPA viabilizará a assistência técnica aos produtores rurais beneficiados com crédito, por meio de parcerias com outras entidades.

Após a cerimônia de entrega do Prêmio, a ministra e o presidente visitaram a Fazenda Uruanã, em Chorozinho (CE), onde houve a entrega de títulos de regularização fundiária a centenas de pequenos produtores rurais.

Prêmio

Um dos agraciados com o Prêmio Banco do Nordeste AgroNordeste – 2021 foi o produtor Francisco Maciano Bezerra, pioneiro na fruticultura irrigada na região do Baixo Jaguaribe, no Ceará. Ele mantém plantio de uva e também produz palma forrageira como reserva alimentar para os bovinos da propriedade e para venda ao Governo do Estado e produtores da região. 

Com apoio financeiro do Banco do Nordeste, implantou ainda estrutura de placas fotovoltáicas para geração de energia solar e aumentou suas receitas em 50%, gerando até 20 empregos diretos. "Não tem nada melhor do que trabalhar com o que você gosta e tornar aquela coisa viável. Você contrata pessoas dando emprego com carteira assinada, melhorando a sua qualidade de vida e vendo perspectiva naquele segmento. Tem que brilhar o olho", afirma o vencedor.

O outro agraciado no estado foi Algaci Abreu de Mesquita, do território Sertões de Boa Viagem. O apicultor realiza manejo assistido por técnicos especializados, contando também com a experiência adquirida ao longo dos anos. As colheitas de mel são efetuadas pelos assistentes, que entregam o produto para beneficiamento na Associação Taboense dos Apicultores, da qual o produtor é filiado para o seu beneficiamento, envase e comercialização.

AgroNordeste

O AgroNordeste é um plano de ação elaborado pelo Governo Federal para impulsionar o desenvolvimento econômico e social sustentável do meio rural da região Nordeste. Foi lançado em outubro de 2019 e conta com 301 municípios dos nove estados do Nordeste, além de Minas Gerais e Espírito Santo, divididos em 16 Territórios.

Para contribuir para o desenvolvimento dos territórios do AgroNordeste, o Banco do Nordeste disponibilizou R$ 5,1 milhões por meio do edital Fundeci 02/2019 - Desenvolvimento Territorial - Difusão e Transferência de Tecnologia em Territórios Prioritários do Plano Agronordeste do MAPA e do Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste (Prodeter). Puderam participar da chamada pública as instituições públicas e privadas sem fins lucrativos sediadas na área de atuação do Banco, tendo sido selecionados 21 projetos.