Estudos e Pesquisas Estudos e Pesquisas

Além de elaborar, promover e difundir conhecimentos técnicos, científicos e estratégias, o Banco do Nordeste, através do seu Escritório Técnico de Estudos do Nordeste planeja, formula, coordena e avalia políticas e programas. O objetivo é subsidiar a ação do Banco e da sociedade na busca do desenvolvimento sustentável do Nordeste, Norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.

Informações Informações

15/05/2018

Banco do Nordeste financia R$ 2,32 bilhões e impulsiona cultura do algodão na Região

Nos últimos cinco anos, o Banco do Nordeste financiou R$ 2,32 bilhões para a cultura do algodão no Nordeste, distribuídos em 514 operações de crédito, média de R$ 4,52 milhões por operação. A Bahia, maior produtor do Nordeste e segundo nacional, é o Estado que mais recebeu recursos do BNB: R$ 2,02 bilhões, em 425 operações.



12/04/2018

Cesta básica está mais barata nas capitais nordestinas

Está mais barato comprar alimentos no Nordeste. Em março, o custo do conjunto dos produtos essenciais (carne, pão, banana, tomate, leite, manteiga, feijão, arroz, farinha, batata, açúcar, café e óleo) apresentou queda de 2,4% na Região, que permanece com a cesta básica mais barata do país (R$ 350,06).


01/03/2018

Municípios do interior alavancam exportações do Nordeste

Camaçari (BA), São Luís (MA), São Gonçalo do Amarante (CE), Luís Eduardo Magalhães (BA), Goiana (PE), Ipojuca (PE), Mucuri (BA), Imperatriz (MA), São Francisco do Conde (BA) e Dias d'Ávila (BA). Em ordem decrescente, estes são os 10 municípios nordestinos responsáveis por 53,4% do valor exportado pela Região em 2017. Juntos, eles receberam R$ 8,9 bilhões pelas vendas externas. Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, e foram analisados pelo Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), área de pesquisas do BNB.


16/02/2018

Inflação nordestina inicia 2018 abaixo da média nacional

No primeiro mês do ano, o Nordeste apresentou inflação de 0,24%, abaixo da registrada nacionalmente (0,29%). Para o mês de janeiro, a média brasileira foi a menor desde que o Plano Real foi criado, em 1994.


15/02/2018

Nordeste apresenta redução da cesta básica nos últimos 12 meses

No acumulado dos últimos 12 meses, nenhuma capital nordestina registrou incremento no preço da cesta básica. As maiores reduções foram verificadas em Salvador (-6,4%), São Luís (-4,2%) e João Pessoa (-4,1%). Seguiram Aracaju (-2,9%), Recife (-2,8%), Fortaleza (-1,8%) e Natal (-0,8%). Em janeiro, no entanto, houve expressivas elevações em todas elas. A pesquisa não foi realizada em Maceió e Teresina.


31/01/2018

Safra nordestina de grãos cresce 85,6% em 2017

A safra de grãos do Nordeste subiu 85,6% em 2017, na comparação com o ano anterior, totalizando 17,8 milhões de toneladas. O resultado foi puxado principalmente pelo aumento da produção de feijão (no total das três safras, 108,2%), milho (no total das duas safras, 103,5%), soja (84,5%) e arroz (67,0%).


19/01/2018

Cesta básica nordestina ficou 2,8% mais barata em 2017

O custo da cesta básica nordestina caiu 2,8% em 2017, após ter registrado um expressivo incremento de 20,3% no ano anterior, segundo levantamento do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), que analisa dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).


02/01/2018

Nordeste cresce em média 3,3% ao ano e supera números nacionais

Com crescimento de 3,3% ao ano de 2002 a 2015, o Nordeste, juntamente com Norte, que teve 4,3% de incremento e Centro-Oeste, com 4,1%, foram as regiões que mais aumentaram suas participações no Produto Interno Bruto (PIB). Sudeste e Sul também cresceram, 2,6% e 2,4%, respectivamente, o que levou a média nacional para 2,9% nos anos abordados na pesquisa.


20/12/2017

Produção de veículos cresce no Brasil em 2017

A produção de veículos cresceu no Brasil em 2017, atingindo 2,2 milhões de unidades entre os meses de janeiro a outubro. O Nordeste foi responsável por 10,7% da produção nacional com 233 mil veículos. De acordo com levantamento do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), área de pesquisas do Banco do Nordeste, com base em dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfaeva), o volume de produção no país ficou 28,5% acima em relação ao mesmo período de 2016, quando foram montados 1,7 milhão de veículos.